IMPACTO SOCIAL: TV Assembleia é homenageada pelo Tribunal de Justiça de Roraima

Emissora e outros 14 veículos de comunicação receberam Diploma de Mérito Judiciário / Foto: Nonato Sousa /

A TV Assembleia (canal 57.3) e outros 14 veículos de comunicação receberam do Tribunal de Justiça de Roraima (TJRR), nesta terça-feira (24), o Diploma de Mérito Judiciário pelo impacto social na divulgação de ações de cidadania.

O presidente do TJRR, desembargador Cristóvão Suter, destacou o papel dos meios de comunicação na defesa da liberdade e de vigilante da democracia dos Poderes constituídos.

“O Mérito Judiciário é justo e necessário aos jornalistas. Reconhecemos a extrema importância das reportagens, notícias, inclusive, na divulgação daquelas que criticam o Poder Judiciário, o que é de absoluto interesse da sociedade”, afirmou.

A honraria foi celebrada pelo presidente da Assembleia Legislativa, deputado Soldado Sampaio (Republicanos).

“O reconhecimento com este Diploma é uma forma de mostrar que a TV Assembleia tem o compromisso social e institucional não só com o Legislativo, mas com a comunidade e com os demais Poderes constituídos. Agradeço ao presidente do Tribunal de Justiça pelo olhar diferenciado com a imprensa, em especial com a nossa TV Assembleia”, ressaltou.

A superintendente de Comunicação da Assembleia Legislativa, Sônia Lucia Nunes, relembrou a evolução do canal e frisou que a homenagem coroa um trabalho em equipe.

“Quando a televisão foi ao ar, a gente tinha dificuldade de cobrir as pautas. A população dizia: ‘Essa é a TV Assembleia de Deus?! Ah não, isso é de político’. Aos poucos, fizemos um trabalho de conscientização e mostramos que a TV Assembleia estava ali para servir à sociedade. E, aos poucos, fomos ganhando credibilidade. Não é à toa que fomos convidados para transmitir grandes eventos, e isso é reflexo do trabalho de pessoas, desde o motorista até a Mesa Diretora, para levar a melhor informação com qualidade, simplicidade e transparência”, avaliou.

Débora Moraes, chefe de Comunicação e Relações Institucionais do TJ, ressaltou que, sem o apoio da imprensa, a preservação da justiça e da cidadania é inalcançável. “Na Casa onde a cidadania e a justiça são basilares, sem a colaboração da imprensa, dos veículos de comunicação, essa missão não teria êxito”.

A diretora da TV Assembleia, Camila Dall”Agnol, disse que a parceria entre os Poderes Legislativo e Judiciário consolida a comunicação transparente e democrática que está a serviço do cidadão.

“O Poder Legislativo e a TV Assembleia estão sempre se comunicando, produzindo material em parceria. Mas também fazemos matérias do Poder Judiciário a fim de levar esses serviços à população que nos acompanha”, disse.

Veja lista dos meios de comunicação diplomados:

Categoria Televisão: TV Assembleia, TV Roraima, TV Imperial, TV Band e TV Norte;

Categoria Rádio: Rádio FM Monte Roraima, Rádio Equatorial FM, Rádio Roraima, Rádio Folha FM e Web Rádio Opinativa;

Categoria Portais de Notícia: Roraima em Foco, Folha de Boa Vista, Roraima Em Tempo, Portal Macuxi e Roraima na Rede.

SUELLEN GURGEL
Categoria:Justiça

Deixe seu Comentário