COVID-19: Prefeitura começa vacinação de bebês sem comorbidades a partir desta segunda-feira, 2

As doses da vacina estarão disponíveis em 32 UBS’s que possuem sala de vacina / Foto: Andrezza Mariot /

A Prefeitura de Boa Vista começa a partir desta segunda-feira, 2, a aplicar a primeira dose da vacina contra Covid-19 nos bebês de 6 meses a 4 anos, 11 meses e 29 dias, sem comorbidades. As doses estarão disponíveis em 32 Unidades Básicas de Saúde que possuem sala de vacina (lista das UBS’s).

Estas UBS’s já estarão preparadas para receber este novo público. A ampliação segue a recomendação do Ministério da Saúde, sendo também uma das medidas prioritárias da gestão, cujo foco é o cuidado à saúde na Primeira Infância.

“Seguimos ampliando a vacinação das crianças, que são prioridades na capital da Primeira Infância. Essa nova medida segue todos os cuidados de prevenção dos nossos pequenos, principalmente agora com o início das aulas, previsto para o dia 30 de janeiro. Convidamos pais e responsáveis para levarem suas crianças para se imunizarem”, declarou a secretária municipal de saúde, Regiane Matos.

Bebês com comorbidades

Também podem se vacinar os bebês de 6 meses a 2 anos, 11 meses e 29 dias, com comorbidades, já convocados anteriormente mas que ainda não receberam o imunizante.

Além do cartão de vacina e cartão SUS da criança, é necessário apresentar a certidão de nascimento do bebê, documento pessoal com foto e CPF do familiar ou responsável. No caso de crianças com comorbidades, é necessário apresentar ainda atestado/laudo médico, prescrição médica, que comprove a comorbidade/doença.

Esquema vacinal

O esquema vacinal básico para esse público será de três doses com intervalos de quatro semanas da Dose-1 para Dose-2 e oito semanas da Dose-2 para a Dose-3. A vacina utilizada é a Pfizer Baby, a única liberada até o momento pela Anvisa para essa faixa etária.

Outras vacinas

Além do imunizante contra a Covid-19, as unidades também disponibilizam a vacina contra gripe (vírus influenza), para pessoas de 6 meses de vida ou mais, que pode ser aplicada no mesmo dia da vacina contra Covid-19. Não há mais necessidade de intervalo de 15 dias entre os imunizantes.

Também é possível receber outras vacinas do Calendário Nacional de Imunização, caso a criança esteja em atraso ou dentro da data.

JAMILE CARVALHO
Categoria:Saúde

Deixe seu Comentário