Roraima descarta nove casos suspeitos de coronavírus

5
Agora, o Estado investiga cinco novos casos suspeitos / Foto: Divulgação /

Por meio de nota enviada à imprensa no início da noite desta quarta-feira, 18, a Secretaria de Saúde do Estado (Sesau), informou que os cinco casos suspeitos que estavam sendo investigados em Roraima obtiveram resultado negativo para o coronavírus (COVID-19). Por outro lado, conforme o Boletim Epidemiológico divulgado logo em seguida, Estado de Roraima agora conta com cinco casos suspeitos de COVID-19.

A Sesau também informou que a partir de hoje os exames para o COVID-19 serão realizados no Lacen-RR (Laboratório Central de Roraima), sem necessidade de encaminhamento ao IEC (Instituto Evandro Chagas), no Estado do Pará. Isso porque o Lacen-RR foi credenciado pelo MS (Ministério da Saúde) como Laboratório Referência em Roraima, para realização dos exames para detecção do COVID 19. Com a certificação do Lacen-RR, o resultado do exame para COVI 19 poderá ser emitido em até 72h.

Também nesta quarta-feira, o prefeito de Normandia, Gute Brasil, divulgou em uma rede social um vídeo em que afirma que uma pessoa do município encontra-se com suspeita de coronavírus no Hospital Municipal Ruth Quitéria.

De acordo com o prefeito, o paciente está em isolamento e uma equipe de saúde do Estado trabalha em parceira com o município, cumprindo o protocolo para que o paciente seja encaminhado para Boa Vista. “Nesse momento, a população precisa ficar atenta e não deixar de tomar os cuidados necessários para evitar que esse vírus se propague”, disse.

À Folha de Boa Vista, a Sesau confirmou a informação e acrescentou que as autoridades de saúde de Normandia realizaram todos os protocolos preconizados pelo Ministério da Saúde durante atendimento a paciente que apresentou quadro sintomático para a doença no próprio município, e que o COE-RR (Centro de Operações Especiais de Saúde Pública de Roraima) aguarda a manifestação formal do município para realizar a investigação do caso, conforme prevê o Plano de Contingenciamento Estadual.

DA REDAÇÃO

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA